Foi disputado no último final de semana, dias 02, 03 e 04 de novembro, o XXXI Campeonato Brasileiro Individual de Futebol de Mesa, Modalidade 3 Toques. A competição foi organizada pela CBFM – Confederação Brasileira de Futebol de Mesa, em conjunto com a FEFUMEMGE – Federação de Futebol de Mesa de Minas Gerais e sediada pelo Hotel Glória Resort e Convention – Caxambu-MG.

Ao todos 40 (quarenta) atletas lutaram pelo título representando os seguintes clubes: Vasco da Gama-RJ, Botafogo-RJ, Fluminense-RJ, América-SP, Tupi-MG, ACFB – Pequeriense-MG, Grêmio Mineiro-MG, Liberdade-MG, AABB-DF, Acafuma-DF, Clube dos 500-RJ e União Independente de Bilac-SP.

Na primeira fase, os atletas foram divididos em cinco grupos de oito, classificando-se para as oitavas de final os três primeiros de cada grupo, além do melhor quarto colocado.

Após três dias de disputa acirrada, grandes jogos e belos gols, Leonardo Stumpf (Tupi-MG), Vander Felipe (Grêmio Mineiro), Juliano Gomes (América-SP) e Evandro Gomes (Vasco da Gama-RJ) chegaram às semifinais.

Em um dos clássicos mais consagrados da modalidade, Leonardo Stumpf venceu Vander Felipe pelo largo placar de 4x1, habilitando-se para a grande final. Do outro lado, Evandro Gomes, confirmou a boa fase vencendo Juliano Gomes por 1x0. Repetia-se, assim, a final da Copa do Brasil Individual, disputada em Bilac-SP no primeiro semestre.

Dessa vez, contudo, a história foi diferente. Apesar de sofrer o gol no primeiro tempo, Stumpf arrancou o empate na segunda etapa, dominou a partida até o fim e, com o resultado de 1x1, sagrou-se pela segunda vez campeão brasileiro individual. Mais um dia corriqueiro de festa para o clube mais vitorioso da modalidade Bola 3 Toques.

Marcelo Virgílio, do Liberdade-MG venceu a Taça de Prata e Hélio Sampaio do União Independente de Bilac-SP foi o campeão da Taça de Bronze.

A colocação final da competição ficou assim:

Léo Stumpf 28 5 26 9 1 1 37 11 11 84,8%
Evandro Gomes 26 7 22 8 2 1 25 3 11 78,8%
Juliano Gomes 20 10 9 6 2 2 19 10 10 66,7%
Vander Felipe 20 10 4 6 2 2 17 13 10 66,7%
Diego Américo 21 6 9 7 0 2 14 5 9 77,8%
Henrique Madeira 19 8 9 5 4 0 22 13 9 70,4%
Léo Duguet 17 10 9 5 2 2 19 10 9 63,0%
Armando Mercadante 15 12 -2 5 0 4 12 14 9 55,6%
Marcus Motta 18 6 18 6 0 2 24 6 8 75,0%
10º Antônio Ornelas 14 10 6 4 2 2 13 7 8 58,3%
11º Antônio Carlos 14 10 5 4 2 2 13 8 8 58,3%
12º Alcides Figueira 14 10 5 4 2 2 11 6 8 58,3%
13º Constâncio Moura 14 10 1 4 2 2 12 11 8 58,3%
14º José Ricardo Lage 13 11 -2 4 1 3 7 9 8 54,2%
15º Paulo Caruso 13 11 6 3 4 1 12 6 8 54,2%
16º Paulo César 12 12 0 3 3 2 10 10 8 50,0%
Marcelo Virgilio 21 12 7 6 3 2 15 8 11 63,6%
Elinto Pires 18 15 5 6 0 5 15 10 11 54,5%
Beto Magrini 18 12 5 5 3 2 19 14 10 60,0%
Bruno Mestre 18 12 3 5 3 2 16 13 10 60,0%
Gustavo Heavy 14 13 -3 4 2 3 7 10 9 51,9%
Emerson Claudino 11 16 -2 3 2 4 10 12 9 40,7%
Pablo Sidarta 11 16 -4 3 2 4 15 19 9 40,7%
Rafael Pena 10 17 -10 3 1 5 9 19 9 37,0%
Alex Lage 9 15 -4 3 0 5 10 14 8 37,5%
10º Carlos Henrique 9 15 2 2 3 3 14 12 8 37,5%
11º Marcos Damázio 8 16 -1 2 2 4 5 6 8 33,3%
12º Paulo Ricardo 7 17 -2 1 4 3 5 7 8 29,2%
13º Bruno Pinheiro 6 18 -5 1 3 4 7 12 8 25,0%
14º Bernardo Pires 6 18 -5 1 3 4 7 12 8 25,0%
15º José Pires 6 18 -7 1 3 4 6 13 8 25,0%
16º Sérgio Burnier 5 19 -5 1 2 5 4 9 8 20,8%
Hélio Sampaio 11 19 1 3 2 5 13 12 10 36,7%
Breno Castilho 10 20 -7 3 1 6 11 18 10 33,3%
Cláudio Figueiredo 8 19 -6 2 2 5 8 14 9 29,6%
Marcus Vinícius 6 21 -7 1 3 5 4 11 9 22,2%
Luciano Rosas 2 22 -11 0 2 6 6 17 8 8,3%
Rodrigo Tuba 1 23 -34 0 1 7 1 35 8 4,2%
Adelmo Baltazar 0 24 -15 0 0 8 3 18 8 0,0%
Fernando Vianna 0 24 -20 0 0 8 3 23 8 0,0%

   

 

               

Para fazer o download do resumo técnico do campeonato, clique aqui: